quarta-feira, 23 de maio de 2018

O homem não controla o amanhã

“Não te glories do amanhã, não sabes o que o dia vai gerar” afirma o livro sagrado de Provérbios (Pr 27,1). Jamais dizeis: “amanhã ou depois iremos a tal cidade, passaremos ai um ano, faremos negócios e ganharemos dinheiro. O que sabeis do amanhã? O que é vossa vida? Sois uma névoa que aparece por um instante e logo desaparece” (Tg 5, 13-14). É mais prudente dizer como ensina o mestre em bíblia Pe. Fernando José Cardoso no seu livro “O Pão Nosso de Cada Dia”: não devemos dizer o que quer que seja com relação ao futuro sem acrescentar a expressão “se o Senhor o quiser”. Como aplicar às nossas vidas essa lição que, plausivelmente, vai além do seu mero sentido literal? O futuro próximo ou remoto está efetivamente nas mãos de Deus. Nós mesmos já fizemos inúmeras experiências de termos projetado algo que jamais se realizou (2011, p.100).
Portanto, aprendamos com S. Tiago, antes, dizer: “se o senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo” (Tg 4,15). Pois, nenhum homem e nenhuma mulher são capazes de controlar o amanhã! Não lembra quem és tu? Não se lembra de onde veio? Não lembra pra onde irás? Refrescarei então a tua lembrança: “pois és pó e ao pó voltarás” (Gn 3, 19).
Por fim, o consolo esperado, “Deus é amor: quem conserva o amor permanece com Deus e Deus com ele” (I Jo 4, 16). “No amor não há lugar para o medo” (I Jo 4, 18). Mas lembre-se: “quem sabe fazer o bem e não o faz é culpado” (Tg 4,17).
*  Nossa Senhora das Graças rogai por nós!

Wander Venerio Cardoso de Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário